Navegador por categoria

Dicas

Baby Planner, assessoria que gera felicidade!

abril 3, 2017

O que é uma Baby Planner?!

bbp2
Hoje existe “personal” para tudo! Sempre existe um profissional para ajudar em diversas tarefas e planejamentos: casamento, construção, decoração, organização, compras, estilo… E por que não ter um profissional que possa ajudar na preparação para chegada de um bebê?! Pois é, este profissional existe! É a BABY PLANNER!
No universo da maternidade muitas mulheres e famílias trocam experiências de vida com objetivo de tornar mais fácil a descoberta dos desafios desta caminhada. Mas hoje existe uma preparação internacional para este profissional, que pode somar seu olhar profissional a esta troca de experiências. A profissão de Baby Planner foi formalizada em 2006 na Europa, chegou à América do Norte, e mais tarde no Brasil, há 8 anos, onde tem ganhado cada vez mas espaço e conquistado cada vez mais as futuras mamães e toda a família.

bbp

A Baby Planner é uma profissional que oferece apoio, informação, educação e recursos para os futuros pais, auxiliando no planejamento durante a gravidez e após a chegada do bebê. É capaz de avaliar e identificar as necessidades específicas da família, através de um atendimento personalizado e planejar um pacote de serviços que satisfaça suas expectativas e desejos. Ela trabalha para mostrar aos seus clientes todas as suas opções para que eles possam tomar a melhor decisão.
O trabalho da Baby Planner não substituiu o trabalho de um profissional de saúde que deve acompanhar a gestação. Pelo contrário, o trabalho da Baby Planner agrega muito aos demais profissionais que acompanharão a gestação. Para ser Baby Planner não é preciso ser um profissional de saúde, mas quando estas profissões se somam, o resultado pode ser incrível para a gestante, sua família e para o bebê que está para chegar!

bbp4

A gravidez não vem com manual de instruções!

Por isso, procure um profissional especializado no mercado, que possa oferecer este conforto e segurança na espera pelo seu bebê! E também auxílio e apoio nos primeiros dias com o seu pequeno nos braços!
Nas capitais do Brasil já existem várias Baby Planners oferecendo diversos serviços. No interior, estes profissionais também já estão conquistando as mamães e mostrando sua importância!

Em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, a BabyCoach® é uma empresa de Baby Planner que vai até seus clientes por meio de um atendimento personalizado, com muito carinho, dedicação e profissionalismo, busca levar à família maior disponibilidade de desfrutar das fortalezas do processo de preparar o leito familiar para receber um novo membro, minimizar as dúvidas e ansiedades e orientar as melhores opções de acordo com as necessidades e orçamento, respeitando os diferentes estilos de vida.

Saiba mais! Visite nossa página: www.babycoach.com.br

Afinal, este momento é único e vocês merecem este apoio!

BABY COACH

Não perca nenhuma dica para o seu bebê! Faça parte da nossa lista VIP!

Organização Sustentável!

março 29, 2017

Ideias para organizar seu quarto Craft

A maioria das “arteiras” de plantão sentem bastante dificuldade em organizar seu espaço de trabalho (seja ele um atelier grande, um quarto ou apenas uma mesa e um armário). A dificuldade dá-se pela quantidade de materiais são tantas fitas, tecidos, aviamentos, muitas miudezas que se não forem bem organizadas acabam se perdendo no meio da bagunça…

Por isso resolvi mostrar algumas ideias e soluções para poder otimizar o espaço e organizar o local onde você exercita a sua criatividade.

Dica: não jogue fora os potes de sorvete, latas de leite, vidros de azeitonas, eles podem ser ótimos aliados na organização e ainda por cima você recicla algo que iria para o lixo, ajudando assim a natureza.

17

112

16

20

19 (1)

111

18

22 (1)

113

50a2afa2879e7eb8bd102ece7f45bd35

114a13bfc7780f0423c5d9c878d946f1

Studio Face

Não perca nenhuma dica sobre decoração! Faça parte da nossa lista VIP!

BRONQUIOLITE! CUIDADO, PAPAIS! Aprenda a reconhecer os primeiros sintomas.

março 24, 2017

Recentemente a jornalista Rafa Brites, esposa de Felipe Andreolli, compartilhou na internet o ocorrido com seu filho Rocco de apenas 1 mês de vida.
Seu bebê precisou ficar internado durante 6 dias em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), após ser diagnosticado com bronquiolite, doença causada pelo vírus Sincicial Respiratório (VSR).
Essa doença pode não causar muito impacto em adultos ou crianças maiores que dois anos, porém, para bebês menores de 6 meses, essa pode ser uma doença com complicações respiratórias graves e às vezes até fatais. A bronquiolite é uma inflamação dos bronquíolos (parte final dos brônquios) causada por um vírus e agravada pelo acúmulo de muco, o que dificulta a passagem do ar e pode causar sintomas parecidos com a asma.

Bronchiolitis

Pais de bebês prematuros devem ter um cuidado redobrado, pois são mais suscetíveis à esse vírus!
Os sinais geralmente são leves e muito parecidos com o de um resfriado, porém no caso da bronquiolite esses sintomas se tornam mais intensos com o passar dos dias, causando tosse e dificuldade para respirar. Se seu filho corre mais risco de ter complicações ou se você está em dúvida, o melhor é procurar uma avaliação médica.
Estejam atentos aos seguintes sinais de problemas respiratórios e procure o pediatra imediatamente:

• Narinas mais abertas e grande expansão da caixa torácica a cada respirada
• Pele recuada demais entre as costelas, acima da clavícula ou abaixo da caixa torácica durante a respiração.
• Contração dos músculos abdominais ao respirar (este e os dois sintomas anteriores juntos são chamados de desconforto respiratório. A criança precisa fazer muito esforço para conseguir respirar)
• Chiado com um som de apito ao respirar
• Tosse
• Falta de apetite
• Lábios e unhas azulados
• Febre (alta ou não)

bebe doente

E como é o tratamento para a Bronquiolite?
Nos casos mais leves, quando não há desconforto respiratório (tosse com chiado, falta de ar, etc), você pode cuidar de seu filho em casa, controlando a febre e mantendo o bebê sempre hidratado, com água (quando já introduzida na alimentação) ou leite materno ou não (De acordo com o que você está oferecendo para seu filho).
A internação só se faz necessária quando a criança precisa de cuidados mais específicos no hospital, como hidratação mais rigorosa (receber soro por via venosa), oxigenoterapia (aplicação médica de oxigênio, que pode ocorrer por inalação, por exemplo) e de fisioterapia respiratória (exercícios que ajudam a eliminar secreções), para que o desconforto seja amenizado. As crianças que integram os grupos de risco têm mais chances de serem hospitalizadas, fazendo-se necessário em alguns casos a internação inclusive, em UTI.

bebe

O melhor remédio é a prevenção!!
Não há uma vacina específica para a doença, mas existem formas de preveni-la: evite levar seu filho para locais com aglomerações e contato próximo com pessoas doentes, especialmente nos primeiros meses de vida. Além disso, qualquer pessoa que tiver contato com o bebê deve sempre lavar corretamente as mãos, um cuidado fundamental para evitar não só essa, mas diversas doenças. A lavagem das mãos é a principal forma de prevenção para doenças que são transmitidas por contato, como é o caso dessa.
O principal é que os pais fiquem atentos ao aparecimento dos sintomas e que busquem por uma avaliação médica o quanto antes.

BABY COACH

Não perca nenhuma dica para o seu bebê! Faça parte da nossa lista VIP!

4 PRINCIPAIS TENDÊNCIAS PARA CASAMENTOS 2017

fevereiro 6, 2017

1) ESTILO
Para este ano, o estilo boho vai prosseguir em alta. Ele veio para ficar mesmo! Casamentos diurnos, intimistas, no campo, na praia. Para produções bem intimistas, os noivos têm buscado cada vez mais produtos feitos na região, como cerveja, vinhos e licores artesanais.
Casamento com a cara dos noivos, que imprima a identidade daquele casal, que tenha a essência acima da soberba. E que, cá entre nós, é o que amamos aqui no Enlaçados… E, por mais que falemos de casamentos pequenos, intimistas e de dia, elegância e sofisticação não poderão faltar em 2017. O estilo industrial também permanece, agradando os noivos cool e moderninhos.

036-private

015-private (1)

As cores desse ano, como já dissemos na matéria anterior, é Greenery, o tom de verde que é a cara dos casamentos mais rústicos, mas também prometem elegância e sofisticação nos casamentos mais clássicos. Aliás, se você é aquela noivinha mais clássica, abuse do Greenery com tons metálicos em dourado e prateado, estarão em alta em 2017!

7 (1)
metalicos

2) DECORAÇÃO
Na decoração, as flores da vez são aquelas mais lavadas, como rosas em tom pastel e suculentas – inclusive os cactos.
Após hiato de dois anos, os tons metalizados retornam para a decoração da festa. Com destaque para o rosé, que virou febre por causa dos smartphones.

images

images (1)

3) VESTIDO
Segundo as grifes internacionais que já desfilaram lançando a coleção de 2017, podemos destacar que 2017 promete vestidos de noiva com muitos bordados florais em 3D e vestidos que deixam os ombros à mostra.
E no New York Bridal Fashion Week grife Marchesa trouxe muita leveza nos modelos extremamente românticos, muita renda, tule e flores aplicadas em efeito 3D. Além dos modelos com saia volumosa, a marca também apostou no corte sereia.
Vestidos com cintura baixa ajudam a alongar a silhueta e também apareceram muito nos desfiles. Naeem Kahn, Reem Acra, Vera Wang e Monique Lhuillier apostaram nesse estilo em suas coleções! Esse tipo de corte nos já estamos vendo nas noivas esse ano.
Decote nas costas continuam sendo uma opção elegante e estilosa para casamentos no verão.

Vestidos-de-noiva-2017-as-tendências-para-você-arrasar-pronovias1-5

Vestidos-de-noiva-2017-as-tendências-para-você-arrasar-pronovias1-1

decote

4) BOLO
Tudo indica que o naked cake está ficando no passado e abrindo espaço para o drip cake. Esse novo bolo de casamento tem como principal característica a cobertura escorrida, que pode ser um ganache de chocolate ou um glacê.

Drip-Cake-7

tendencias-de-casamento-2017-15-novidades-que-vao-fazer-sucesso-18

c7ea68de39ec13a5944b2afd61ba34ab

drip-wedding-cake-bolo-casamento-derretendo-17

cfb_149004

Não perca nenhuma dica para o seu casamento, faça parte da nossa lista VIP!

11 Dicas Para Aliviar as Temidas Cólicas do Bebê

janeiro 13, 2017

A cólica do recém-nascido é um dos assuntos mais comuns quando se fala em maternidade. E é, sem dúvidas, um dos desafios mais temidos pelos pais, já que as cólicas muitas vezes parecem invencíveis e intermináveis. Ela aparece por volta da segunda ou terceira semana de vida do bebê, e pode permanecer até o quarto mês, já que neste período o sistema gastrintestinal do bebê ainda é imaturo.

A 1 day old baby boy crying.

O choro é a única forma de o bebê comunicar alguma necessidade ou incômodo, como fome, fralda suja, sono, cansaço… E quando você atende a esta necessidade, o choro para! Mas, o choro da cólica parece ser diferente. O bebe chora sem parar, e é realmente muito difícil confortar ou acalmar o bebê durante as crises de cólica.

Como reconhecer um choro de cólica? Se nos primeiros 3 ou 4 meses o bebê já mamou, está com a fralda limpa, não quer dormir e não para de chorar, provavelmente é a terrível cólica o incomodando. Junto com o choro, no momento da cólica, o bebê costuma encolher e esticar as pernas, pode curvar-se para trás, e às vezes liberar gases. Se esses sinais estiverem associados a um choro intenso, aposte na presença da cólica!

Não se sabe ao certo as causas exatas da cólica, não é possível prever se ela irá acontecer ou não, nem em qual momento, qual a intensidade, e nem quando ela irá embora de fato. Cada bebê é um bebê diferente! Talvez seu primeiro bebê tenha uma cólica muito intensa, já o segundo filho não tenha nada! O que se sabe é que o período do dia mais comum que ela costuma incomodar os pequenos é no final da tarde e início da noite, com duração de 30 minutos a 1 hora. Mas, como já sabemos, cada bebê é um bebê diferente do outro. Por isso a cólica pode aparecer em qualquer horário e ter variadas durações.

Hoje existem vários medicamentos para evitar ou tratar as cólicas, muitos deles são importados, e prometem acabar com essa vilã dos bebês (e dos pais). Mas não é bem assim. Todo medicamentos deve ser utilizado apenas com indicação médica, e pode apresentar efeitos colaterais. Sendo assim, os medicamentos são recomendados apenas em último caso, em crises muito intensas de cólica, e para a crise de cólica em si, não como prevenção. Mesmo porque a cólica dura por volta de 30 a 60 minutos, mais ou menos o mesmo tempo em que os medicamentos precisam para fazer efeito. Sendo assim, quando o remédio parecer fazer efeito, na realidade, a cólica está indo embora sozinha e você deu remédio a toa para o seu bebê! Conheça o seu bebê antes de medicá-lo. Observe a duração e intensidade das cólicas dele para escolher o método que você vai utilizar para ajudá-lo a aliviar! E se decidir por qualquer método que envolva dar alguma substância para o bebê, mesmo que sejam gotinhas, mesmo que sejam fitoterápicos, converse com o pediatra antes.

Existem algumas dicas bem efetivas no alívio da cólica do bebê! Sem gasto, sem muito segredo!

  1. Alimentação da mamãe: se o bebê mama no peito e começa a apresentar cólicas, você pode experimentar modificar alguns hábitos alimentares, como evitar alimentos que causam gases, assim como procurar ter uma alimentação mais saudável.
  2. Leite artificial e mamadeira: se o bebê toma fórmula infantil na mamadeira, é interessante que você discuta com o pediatra a necessidade de substituir a fórmula láctea por alguma especial que diminuía a chance de cólica.
  3. Pega correta: se o bebê mama no peito é importante que ele faça uma pega correta e evite engolir ar durante a mamada; no caso de mamadeiras, procure bicos anatômicos que evitam cólicas, e observe se o bico escolhido está adequado para o bebe para evitar que ele engula ar.
  4. Arrotar: é muito importante colocar o bebê para arrotar após as mamadas. Pode ser que ele não arrote todas as vezes, especialmente se ele mama no peito, pois a chances de engolir ar são menores, mas é importante que ele fique pelo menos 15 minutos em posição mais elevada após mamar para que se o ar foi engolido, ele consiga arrotar.
  5. Colinho: não se preocupe em dar todo aconchego para o bebê no momento em que a cólica aparece. No momento na cólica, não é hora de pensar em deixá-lo mal acostumado, ele estará com dor, desconfortável, e precisa de aconchego. Tente colocá-lo no sling ou enrolá-lo em uma mantinha em apertadinho.
    Post 13 1
  6. Distração: na maioria das vezes a cólica dura por volta de 30-60 minutos, e em muitos bebês ela pode ser leve. Nesses casos, a distração pode ser uma boa aliada nestes minutos de desconforto. O bebê é muito interessado em coisas novas, e pode esquecer um pouco da dor com alguma coisa que desperte o seu interesse. Neste momento você pode colocá-lo em uma posição de bruços (nos braços, por exemplo), e quando perceber, a cólica já foi embora.
  7. Massagem e bicicletinha: esta dica é bastante comum, e realmente ajuda muitos bebês! Faça massagem na barriguinha do bebê em movimentos circulares no sentido horário; mantenha a mão em formato de concha e utilize uma pressão suave, mas firme. Você também pode fazer movimentos de dobrar e esticar as pernas do bebê, as duas juntas ou uma de cada vez, como se ele estivesse pedalando. O bebê pode liberar gases ou evacuar, o que ajuda a aliviar as cólicas.
  8. Pele a pele: colocar a barriguinha do bebê em contato com a pele da mãe ou do pai (ou de quem quiser ajudar) é uma ótima saída para alívio da cólica. O calor da sua pele irá esquentar a barriga do bebê e ajudá-lo a eliminar gases. Uma boa posição é deitar o bebê de bruços no seu peito. Além disso, o contato pele a pele promove um momento de afeto e aconchego ao bebê. Além da proximidade com você, ele irá ouvir sua voz e seu cheiro, que também irão ajudar a acalmá-lo.
  9. Banho quente: durante a cólica você pode dar um banho quentinho no bebê, num local silencioso ou com uma música relaxante, com pouca luz. Durante o banho você pode conversar baixinho com o bebê e mantê-lo relaxando dentro da banheira por alguns minutos. Este momento pode acalmar o bebê, fazê-lo lembrar da sensação intra útero, e fazer a cólica ir embora.
    Post 13 4
  10. Barriguinha quente: você pode colocar uma bolsa de água morna na barriga do bebê (envolva a bolsa em uma fralda e esteja atento à temperatura da bolsa para não queimar a pele sensível do bebê), de preferência com ele na posição de bruços. Outra opção é colocar uma fralda passada no ferro de passar roupas para esquentá-la.
  11. Mantenha-se calma: muitas vezes a cólica do bebê vem para arrematar um momento de muitas mudanças na rotina. Tudo ainda está se adaptando quando o bebê começa com um choro que parece inconsolável. Por isso, é preciso saber o momento de sair de cena, respirar e se acalmar. Se ainda está difícil encontrar algo que alivia a cólica do seu bebê, peça para que alguém te ajudar. Se o bebê chora muito, você fica nervosa e tensa, o bebê sente isso e vai chorar ainda mais. É preciso deixar alguém cuidar do bebê por algum tempo para você tomar um banho e acalmar-se. Muitas dicas aqui podem ser aplicadas pelo pai ou por qualquer pessoa da família que possa te ajudar! Aceite e procure este apoio!

O período da cólica chega a ser desesperador! Mas, se desesperar não vai ajudar. Pelo contrário, pode tornar tudo mais difícil para você! Lembre-se sempre que a cólica não é culpa sua, não é uma doença, é fisiológico, é um amadurecimento do corpinho do seu bebê, e ela vai passar!

BABY COACH

Não perca nenhuma dica para o seu bebê! Faça parte da nossa lista VIP!

Os Dez Maiores Erros ao Organizar um Casamento!!!

dezembro 12, 2016

Organizar um casamento não é uma daquelas coisas que uma mulher já nasce sabendo. E, como também não dá para sair praticando por aí, a não ser que a tarefa vire profissão, é preciso estar sempre atenta para erros que, apesar de serem comuns, podem prejudicar o resultado final da cerimônia. Consultamos profissionais da área e diagnosticamos os dez maiores equívocos que as noivas cometem ao planejar o “grande dia”. Abaixo, veja quais são e saiba como contorná-los:

makeup-a-prova-dagua

1) Escolher o local apenas pelo preço
Há noivas que, na hora de escolher o local da cerimônia, acabam se prendendo mais ao preço de locação do que o local em si. “Se não tiver nada a ver com o casal, não há motivos para fazer o casamento. Transformar o local encarece muito mais o orçamento da decoração”, explica Mariana Melo, do blog e assessoria Toda de Branco.
O que fazer? Antes de focar no valor, é preciso que o casal se identifique com o lugar. Procure com calma e verá que é possível encontrar algo dentro do orçamento e que se adeque aos noivos.

2) Convidar pessoas achando que elas não vão
Um dos principais fatores que delimitam o tamanho da festa é o número de convidados. “É muito comum calcularem a festa pensando que muitas pessoas não irão. Corre-se o risco de ter o espaço lotado ou de não comportar todos os convidados, faltar alimentos e bebidas, entre outras coisas”, conta Adriana Gunther, assessora da Casamento em Grande Estilo.
O que fazer? O ideal é que se contrate uma empresa que faça o RSVP (confirmação de presença) e avise o número correto de pessoas com antecedência, para que você possa se programar e não correr riscos.

3) Fazer mudanças radicais no visual
“Não tinja o cabelo, não corte-o curto, não faça permanentes nem alisamentos. Enfim, não mude radicalmente para o seu casamento”, aconselha Camila Relva, consultora da Compagnie Assessoria de Eventos. Lembre-se que você ficará daquele jeito para sempre nas recordações da festa, como fotos e vídeo. E, caso não fique 100% do seu agrado, a lembrança pode não ser tão boa.
O que fazer? Faça testes de maquiagem e penteado e escolha um visual que combine com o seu estilo. Não arrisque!

4) Esquecer a cláusula de horário limite
Há sempre um horário estipulado para o término da festa. “Muitas vezes, o casal vê a cláusula de hora extra e não percebe que isso se aplica à desmontagem também. Aí, querem estender o tempo de festa e acabam se comprometendo com as regras do espaço”, conta Mariana Melo.
O que fazer? Cheque com a equipe quanto tempo para desmontagem é necessário e programe-se sempre com uma margem de tempo para o término.

5) Convidar damas e pajens muito novos
Crianças são fofas, mas, segundo Adriana, o ideal é não chamar menores de cinco anos. Não corra o risco de a cerimônia ser interrompida por causa dos pequenos, já que, no momento, eles podem não querer entrar na igreja, parar no meio do caminho ou até começar a chorar.
O que fazer? Se mesmo assim quiser a presença de crianças, é importante que tenha um casal mais velho –maior de cinco anos– junto, para assegurar que levem as alianças, deixando o casal mais novo entrar apenas como floristas.

6) Exagerar nas atrações da festa
Assim como exagerar no número de referências para a decoração da festa, que pode acabar resultando em um carnaval de informações, também é preciso evitar muitas atrações, como banda, escola de samba, show pirotécnico, retrospectiva animada, garçons cantores, entre outros. “Lembre-se que seus convidados não estão pagando entrada para um show e, sim, estão querendo curtir o privilégio de terem sido convidados para participar de um momento tão especial”, comenta Camila.
O que fazer? Foque naquilo que você acredita combinar mais com o clima do casal e também dos convidados, para que eles curtam com vocês.

7) Preocupar-se demais com os convidados
Uma festa de casamento é sempre planejada com muito carinho e detalhes e é feita para todos. Por isso, segundo Adriana Gunther, não se prenda em cumprimentar todos os convidados. Além de cansativo, você deixará de aproveitar cada detalhe da festa, como jantar, bebida, música, etc.
O que fazer? Os convidados estão lá para prestigiar os noivos. É preciso, sim, dividir a atenção com eles, mas não perca os momentos da festa por causa disso. Na pista, você com certeza vai cruzar com todos eles e dar atenção, mesmo que rápida.

8) Excluir noivo, mãe e sogra das decisões
Não adianta: mãe é mãe. E como toda mãe, ainda mais de noivos, gosta de participar. Por isso, tirá-las do processo de organização do casamento pode deixá-las magoadas. O mesmo acontece com o noivo, que pode se sentir excluído das decisões.
O que fazer? Você não precisa deixar que elas tomem conta de tudo, mas deixe que participem, pelo menos, de algumas decisões. “Pergunte o que acham da cor da decoração ou leve uma delas para a escolha do modelo de convite. Deixe que se sintam úteis e importantes. Isso com certeza vai trazer mais tranquilidade durante a organização, além de deixar a mãe e a sogra felizes”, aconselha Camila Relva.

9) Escolher DJ badalado sem conhecer o estilo
Não é só porque o nome do DJ é muito comentado entre os seus amigos e amigas que ele será bom para o seu casamento. “Como todo fornecedor, esse profissional também tem um estilo e a noiva deve saber se ele tocará o que ela gosta ou não. Há DJ’s que se recusam a tocar, por exemplo, sertanejo ou pagode”, conta Mariana Melo.
O que fazer? Antes de fechar com algum profissional, pesquise sobre o trabalho dele e converse abertamente sobre o que você espera do repertório da festa, para não ter surpresas na última hora e acabar se estressando.

10) Acreditar que a noiva pode carregar o mundo nas costas
Muitas mulheres se sobrecarregam na hora de organizar o casamento. “Fazer tudo sozinha, junto com a agenda pessoal e profissional, causa estresse, irritação e, na maioria das vezes, queda de desempenho profissional. Afinal, o casamento se torna prioridade”, alerta Camila.
O que fazer? Para evitar que isso aconteça, o ideal é que a noiva contrate uma assessora para ajudá-la em toda a organização, para otimizar o tempo dela e deixá-la mais tranquila para esse momento tão importante. Caso não seja possível contratar uma assessora, não deixe de pedir ajuda para uma amiga, para a mãe ou para alguém próximo.

Fonte: UOL

 

FERNANDA E CAIO

novembro 28, 2016

Uma cerimômia a céu aberto, uma noiva básica, elegante, que com sua discrição prendia a atenção dos convidados. O noivo? Emocionado, contendo as lágrimas enquanto ela entrava. A cerimônia seguiu emocionante, intensa e linda. O clima do espaço casava com a leveza do casal. A festa, no salão coberto do espaço, foi incrível. Todos animados e felizes, a banda agitando os convidados, o casal curtiu muito a festa. A decoração estava impecável, sem exageros, nada clássica, rica em detalhes, ousada, colorida, deixando transparecer a autenticidade dos noivos.
O casamento misturou emoção, elegância, bom gosto, detalhes e muita diversão!!!

INSPIRE-SE:


Cerimonial: Alligare Wedding Planner
Buffet: RENATO AGUIAR Festas
Bartenders: Bartenders – RP
Cabelo e maquiagem: Ricardo Perez
Espaço: Buffet Casa de Campo
Foto: Rene Color
Vídeo: Panorâmica Filmes

CERIMONIALISTA, O MAESTRO DO CASAMENTO!

novembro 21, 2016

Talvez a primeira dúvida na hora de organizar a festa do casamento seja: “Preciso mesmo de um cerimonialista?”

Bom, para responder essa questão devemos saber  que faz exatamente um cerimonialista. O cerimonialista, assessor ou organizador de eventos é na verdade o “maestro” do casamento. Esse profissional vai, desde o início, desenhar dentro da sua realidade seu casamento da melhor maneira possível.

Imagine você ter que, depois de cuidar de cada detalhe da organização antes do casamento, ainda ter que no seu grande dia se preocupar com: quem vai avisar a orquestra que já pode iniciar a marcha? Quem recepcionará os convidados na festa? Quem organizará os pais e padrinhos para o brinde? O horário de soltar o buffet, a sobremesa, o bolo… enfim, pense em quantos detalhes o dia te trará!

1004-20121025115608-1
É o cerimonialista quem vai te ajudar a escolher o espaço da cerimonia e festa, o melhor buffet para seu estilo, enfim, todos os outros profissionais envolvidos no casamento serão de certa forma indicados por esse assessor. Veja então o tamanho da responsabilidade desse profissional. Tal quanto a responsabilidade, tem que ser a integridade dessa empresa ou pessoa escolhida, pois dele sairá quase tudo que você conhecerá do universo “CASAR”. Fique atenta com o tipo de serviço que o cerimonialista te oferece, pois ele quem vai ficar do seu lado, te aconselhando e te orientando sobre o que é melhor para você. Por isso a relação de confiança tem que ser grande. Tome cuidado para que ele te aconselhe sem decidir por você. Se certifique que esse profissional está realmente te apresentando as melhores opções para o seu gosto e bolso.
A função desse maestro é orquestrar sua festa dentro do melhor custo beneficio, te apresentando os demais profissionais necessários, cuidar para que tudo seja pensado antes (do cortejo da cerimônia ao buquet na festa, tudo passa pelo aval e planilha do cerimonialista), e no grande dia executar com excelência a cerimonia e festa, para que cada detalhe saia como planejado.

Normalmente é o cerimonialista quem cuida dos contratos dos outros profissionais também, isso ajuda muito, pois com a pratica que ele têm com festas, já sabe que contrato é justo ou quem só pensa em vantagens sem se preocupar com o principal disso: o casal. Com um cerimonialista no seu casamento, o investimento para contrata-lo normalmente é pago só pelos benefícios que ele te trás. Noiva tem ideias que precisam ser, muitas vezes, lapidadas. E essa lapidação pode gerar grandes economias ao casal.
Contrate um cerimonial, sua festa será mais organizada, mais bonita, mais barata e com certeza mais proveitosa!

Saiba investir!

contratar-uma-cerimonialista1

como-ser-cerimonialista

 

Inspiração : Apartamento 80m2 estilo Industrial

novembro 18, 2016

A cada ano que passa os apartamentos estão cada vez menores, o que exige soluções de arquitetura de interiores cada vez mais funcionais e dinâmicas.

maxmastudio-aptocinco-plantadepois

A decoração em estilo industrial cumpre bem o papel de ser funcional, prática e possui uma estética bem moderninha apesar deste estilo não ser moderno.

O estilo Industrial chegou à entre os anos de 1950 e 1970 devido à transformação de galpões e estúdios em casas para morar. Estes amplos espaços, tinham em comum tijolo e tubulações aparentes, além de muito concreto, metal e madeira.

Hoje vamos mostrar a vocês uma inspiração de um apartamento decorado com o Estilo Industrial, com um toque bem descontraído e adaptado a nossa realidade brasileira. Este apartamento tem uma planta tipo bem utilizada pelas construtoras devido a sua funcionalidade.

O projeto de reforma é do Maxma Studio de Porto Alegre.

apartamento-maxma-80m29

apartamento-maxma-80m47

apartamento-maxma-80m44

apartamento-maxma-80m43

apartamento-maxma-80m39

apartamento-maxma-80m38

apartamento-maxma-80m37

apartamento-maxma-80m36

apartamento-maxma-80m34

apartamento-maxma-80m33

apartamento-maxma-80m30

Studio Face

CASAR SEM FRESCURA!

novembro 16, 2016

No último dia 10, tivemos o imenso prazer de comparecer ao evento CASAR SEM FRESCURA,  que aconteceu no Villa Casuarina, com o patrocínio de Platino Cabeleireiros / Diodato / Paulo Villas Bôas / Orquestra Capelozza / Dona Flor / Clicou Festas, e com o apoio de empresas maravilhosas e competentes como o Atelier Daniela D’Almeida.

O evento começou com um bate papo incrível com Criz Rozzini, Miguel Alcade, Carina Rosin e Flávia Picolo do NOIVA EM FORMA e Julia Albuquerque representando o ZANKYOU. Com essas autoridades em elegância e beleza, o papo não podia ser melhor. Claro que cada um tem um estilo quando o assunto é beleza de noiva, mas o que ficou claro sobre a escolha do vestido, maquiagem, cabelo e acessórios para o dia do sim, é que, independente do seu estilo, lembrem-se que a tendência de hoje é o brega de amanhã… cuidado com exageros, com modismos, não queira ser a mega diferente. Quem sou eu para falar de clássico, assumidamente amo um “estilinho” mais vintage, mas se tem algo que aprendi desde pequena é que O MEIO É A MEDIDA CERTA!!!  Não posso dizer que sou fã do clássico coque de noiva, com sua coroa e mantilha, quão pouco dizer que amo vestido branco de zibeline, ou decoraria meu casamento com rosas brancas e folhagens, não, essa não sou eu! Mas existe uma linha tênue entre não ser uma noiva clássica e ser uma noiva arrependida. Sim, arrependida. Porquê exageros, dissonâncias, tendências… tudo isso passa… e depois, fica apenas a sensação que você não aproveitou para ser NOIVA no seu casamento. O Bridal Makeup Artist e amigo querido Cris Rozzini, sempre diz a seguinte frase: NOIVA TEM QUE TER CARA DE NOIVA! E ele está coberto de razão. Você não precisa ser aquela clássica noiva de zibeline e coroa, mas tome cuidado para não parecer uma madrinha de vestido claro, tome cuidado para não se arrepender de não ter sido NOIVA no seu casamento, cuidado com cores fortes demais, que destaquem apenas uma boca ou olho, seja noiva por inteira, da unha ao penteado, do bouquet ao bolo, faça com que sua festa, seu vestido, seu bouquet, sua maquiagem, enfim, cuide para que tudo tenha harmonia. E lógico, respeite quem você é, seu estilo, sua identidade. Mas respeite também esse dia, e integre quem você é, com a NOIVA que você será. Para que depois, ao ver as fotos, não bata aquela sensação de “poxa, se eu fosse casar de novo não faria isso”. Uma dica pessoal: o clássico não tem esse nome por acaso, fique atenta a isso.
E para ser clássica, você não precisa perder sua identidade. Clássico é ser elegantemente você!

img_0317

A Daniela D’Almeida, pessoa demais de querida e que confeccionou, rendinha por rendinha meu de noiva vestido, estava no evento, com um desfile maravilhoso de vários estilos de vestidos para você se inspirar:

img_0501

img_0756

img_0727

img_0611

img_0590

img_0573

img_0565

img_0550

img_0534

img_0516

img_0513

E claro, tivemos o esperado workshop CASAR SEM FRESCURA com a autoridade no assunto, Cláudia Matarazzo. E sabe o que percebi lá? Percebi que fiz tudo certo, e que se eu fosse casar de novo seria exatamente igual. MENOS É SEMPRE MAIS. A Cláudia disse que quando foi interrogada sobre o que para ela, era frescura, ela respondeu: “Se não agrega beleza, não agrega emoção é frescura!” Gostei do que ela falou. Trabalho com casamentos há 4 anos, e nesse pouco tempo, se eu contar cada coisa que vejo e que não faz o menor sentido, vocês não tem ideia em reais, do quanto custa acúmulos de frescuras em casamentos. Além do que, nunca vi nada em excesso que não caísse na piada. Para o seu casamento, saiba gastar. Gaste menos e invista melhor!!!
Ouvimos bastante no workshop sobre o mini wedding, meu preferido alias, e como ele está ganhando corpo no Brasil. Acho um estilo de casamento muito assertivo. Se você puder, claro, se estiver dentro da sua realidade familiar e pessoal, opte por casar assim, com menos convidados, mais intensidade, mais singularidade, mais intimidade… obvio, isso não é uma regra ou tendência, é só uma opção fina, intimista e elegante para pessoas com facilidade em reduzir a lista de convidados. Mas se você tem aquela família enorme, um monte de amigos e pessoas importantes e realmente não se encaixa no mini wedding, use o charme e a singularidade de um evento familiar em um evento maior! Não peque no essencial para ter também o trivial. Sirva bem, um bom buffet, e veja que disse um bom buffet e não um buffet cheio de opções que não fazem parte da sua realidade, e vejam ainda que com isso não quis dizer para optar por pratos do dia a dia, mas lembre-se que O MEIO É A MEDIDA CERTA! Tenha uma decoração elegante, e elegância não é sinônimo de encher o lugar de flor e vasos enooormes, elegância é saber compor o espaço com uma distribuição perfeita de elementos harmônicos. Ofereça boa música, festa para mim tem que ser alegre, mas lembre-se, sua avó provavelmente estará la… dispense excesso de efeitos de luz, ou aquele laser breguissimo… seu casamento não é boate! Nem todo convidado vai à pista, cuide para que a pista não chegue a quem está sentado à mesa. Sirva bebidas, alcoólicas, mas por favor, lembre-se de novo que o meio é a medida certa. Nenhuma noiva precisa de escândalos desagradáveis por excesso de álcool!
A Cláudia falou outra coisa que achei muito interessante, e confesso que na época do meu casamento pensei muito nisso: que lembrancinha dar aos padrinhos??? Resposta: Querida, quem está casando é você, você já vai dar uma festa linda feita com muito carinho. Não se preocupe em gastar mais esse dinheiro!

img_0388

img_0405

Parabéns aos envolvidos, e evento estava produtivo, útil e lindo!