A SUPLEMENTAÇÃO DE VITAMINAS DURANTE A GESTAÇÃO

dezembro 14, 2017

A gravidez é um momento tão mágico na vida de uma mulher, não só pela realização da maternidade, mas também por todas as transformações que o corpo sofre ao conceber um novo ser, uma nova vida!

E durante esse período, muitos cuidados com o próprio corpo devem ser tomados. Além das mudanças externas que percebemos em nosso corpo, um turbilhão de mudanças internas acontecem durante esse período, mudanças essas que exigem uma atenção especial . Uma delas é a necessidade em manter as vitaminas e mineiras dentro das doses adequadas. Muitas alterações metabólicas acontecem no organismo da mulher durante a gravidez e por isso a parte dos nutrientes precisa ser muito bem monitorada e avaliada pelo seu médico.

Especialmente durante a primeira gestação, muitas mulheres podem se perguntar: “Mas por que eu preciso de uma suplementação vitamínica?”

O ideal é que o aporte de vitamina fosse garantido somente através de uma alimentação equilibrada, porém muitas vezes isso não é possível. Seja pelos enjoos no início da gravidez, pela correria do dia-a-dia e pouco tempo para comer bem, ou até mesmo porque alguns nutrientes não são supridos mesmo adotando um cardápio saudável – como é o caso do ácido fólico. Daí o motivo pelo qual a prescrição de suplementos vitamínicos tem se tornado cada vez mais comum nos consultórios. Porém, vale lembrar que isso não significa que a prática vale para todas as futuras mamães. Tudo vai depender e será baseado em exames pelo seu médico. Sempre, e queremos dizer SEMPRE, você deve consultar seu obstetra antes de iniciar qualquer tipo de suplementação.

Listamos abaixo algumas vitaminas que são importantes serem mantidas dentro dos níveis ideais durante a gravidez:

VITAMINA A

Participa do desenvolvimento das células, coração, aparelho circulatório e digestivo do bebê.
Onde encontrar: Óleos de peixe, gema de ovo, frutas vermelhas e amarelas, vegetais amarelos, vermelhos e verde escuros.

COMPLEXO B

Essa família inclui as vitaminas B1, B2, B3, B6, B12 e o ácido fólico. Elas contribuem para a formação de células novas. A vitamina B6 ajuda no desenvolvimento do sistema nervoso do bebê e a B12 é importante para a produção de células vermelhas no sangue.
Onde encontrar: Vegetais, grãos integrais, carne, peixe e leite.

VITAMINA C

Essa vitamina ajuda a produzir tecidos novos, portanto é fundamental para o desenvolvimento do bebê. Além disso, ela ajuda o organismo a absorver o ferro dos alimentos.
Onde encontrar: Frutas cítricas, papaia, vegetais verdes e batatas.

VITAMINA D

É fundamental para a absorção do cálcio e para o desenvolvimento dos ossos e dentes do bebê.
Onde encontrar: Peixes de carne gordurosa, como salmão, ovos, margarina e manteiga. Mas lembre-se: tomar banho de sol nos braços e pernas por 15 minutos sem protetor é fundamental para sintetizar essa vitamina.

VITAMINA E

É antioxidante que ajuda a defender as células.
Onde encontrar: Germe de trigo, gema de ovo, sementes, margarinas, nozes e vegetais verdes.

Além disso, pesquisas recentes reforçaram a importância do consumo do óleo de peixe, rico em ômega 3, para a inteligência da criança e da manutenção de níveis adequados de vitamina D no organismo, o que diminuiria a probabilidade de o bebê nascer com baixo peso. A suplementação desses dois nutrientes, porém, não é consenso entre os obstetras. Em alguns casos, as gestantes são orientadas a tomar suplemento de ferro, para evitar anemia no pós-parto.

You Might Also Like

Sem comentários

Deixe uma resposta