Amamentar à noite… pra quê?!

agosto 25, 2017

Uma das principais preocupações colocadas na cabeça das futuras e recém-mamães é a respeito das mamadas noturnas. Muitas escutam: “Aproveita para dormir agora, porque quando bebê nascer, acabou!”. Isso parece muito assustador! Mas quando a mãe entende a importância das mamadas noturnas, é possível ser mais paciente com esta fase que traz tantas recompensas a curto e longo prazo ao bebê e à mãe. Vocês vão entender o porquê!

Digamos que as mamadas noturnas significam “acordar agora para dormir bem depois”. A melatonina é o hormônio que regula o nosso sono. Em bebês, este hormônio pode ser produzido de forma irregular, e o bebê pode trocar o dia pela noite, por exemplo. Este hormônio é produzido quando estamos no escuro, e liberado quando fechamos os olhos. E sabe onde encontramos mais melatonina? No leite materno! Principalmente nas mamadas noturnas! Assim, a amamentação a noite supre esta deficiência, ajuda a induzir o sono do bebê e a desenvolver o ciclo de sono dele. O bebê que mama no peito acorda mais para mamar do que aqueles alimentados artificialmente, isso porque a digestão do leite materno é muito mais rápida, e eles acordam mesmo porque estão com fome! Mas em contrapartida, a qualidade do sono do bebê que mama no peito é muito melhor pela presença da melatonina passada a través do leite materno.

Outro hormônio importante para a amamentação é a prolactina, responsável por estimular a produção de leite. As pesquisas tem mostrado que a produção da prolactina também é maior à noite, ou seja, amamentar a noite “mostra” para o organismo que é preciso produzir mais leite para alimentar o bebê, quanto mais você amamenta (ou retira o leite), mais leite você vai produzir. Mães que não amamentam a noite (oferecem fórmula infantil nas mamadas da noite, por exemplo) tendem a ter a produção láctea diminuída e correm o risco de não conseguir suprir as necessidades do bebê.

Já que estamos falando de hormônio, não podemos esquecer o hormônio do crescimento, o GH, que na infância é liberado principalmente durante o sono.

Além de tudo isso, e especialmente sobre a liberação da melatonina, o leite materno noturno também é rico em outras substâncias indutoras do sono e estimuladoras do sistema nervoso central do bebê, como o triptofano. Ou seja, mamar a noite também significa oferecer ao bebê subsídios para um melhor crescimento e desenvolvimento neurológico.

Não que seja fácil acordar às 3h da manhã para amamentar o bebê, mas agora você consegue perceber que tudo isso é parte fundamental para a adaptação, crescimento e desenvolvimento do seu bebê? E o quanto seu leite da noite é especial e único?

E acreditem, apesar de parecer ter benefícios (importantíssimos) apenas para o bebê, estudos têm revelado benefícios para as mães que amamentam a noite também, como diminuição do risco de depressão pós-parto, manutenção natural da produção láctea e, no saldo final, mães que amamentam a noite tem mais horas de sono do que mães que alimentam os bebês com fórmula!

E em longo prazo, estudos tem mostrado também que bebês que mamam à noite podem ter menos risco de distúrbios de humor, previne obesidade na vida adulta e reduz os riscos de desenvolver Alzheimer.

Somado a estes efeitos fisiológicos, é importante saber que o bebê precisa aprender a sua rotina diária, e ter uma rotina é extremamente importante para o bebê desde os primeiros dias de vida. Um bebê sem rotina significa uma criança, um adolescente e um adulto com dificuldade em ter rotina. Crie um “ritual do sono” para o seu bebê. À noite, faça brincadeiras menos agitadas, faça uma leitura, conte histórias ou apenas converse com o bebê! Ouça uma música tranquila e mantenha as luzes baixas na casa. Assim, você vai ajudar o seu bebê a “treinar” o ciclo de sono dele. Outra dica importante: durante as sonecas do dia, deixe a casa funcionando normalmente, com os ruídos e iluminação rotineira; à noite, diminua os ruídos e deixe o ambiente escuro (o máximo possível) para dormir, assim ele vai entender que durante o dia ele tira “sonecas”, e a noite, ele dorme de verdade! Isso também auxilia muito no desenvolvimento do ciclo de sono do bebê e impede que ele troque o dia pela noite.

 

You Might Also Like

Sem comentários

Deixe uma resposta