Passeios com o recém-nascido – Um alerta aos pais!

junho 30, 2017

Assim que o bebê nasce, a maior vontade dos pais é mostrá-lo para todo mundo e agregar isso à um bom passeio é melhor ainda, certo? Porém, alguns cuidados devem ser tomados, afinal o bebezinho ainda é muito frágil e não está protegido contra várias doenças, que podem ter consequências sérias.

Mas quanto tempo esperar até que eu possa sair e passear com um recém-nascido?
Não existe uma recomendação exata sobre o momento em que é permitido sair de casa com um recém-nascido. Porém, segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) o ideal é que os recém-nascidos se ausentem de casa apenas nas necessidades: consulta médica, vacinação, realização de testes de triagem neonatal (ou mais conhecido como Teste do Pezinho). Ir ao shopping ou a festinhas de crianças não é recomendado pelo risco de contrair alguma doença e isso ocorre pelo fato de serem locais fechados, sem ventilação adequada e com um grande aglomerado de pessoas. O mais recomendado é ficar em casa, se possível, até o final do segundo mês de vida, momento em que o bebê já se adaptou a amamentação e recebeu as primeiras vacinas para sua proteção imunológica.

Caso você precise sair de casa e levar o seu bebê, lembre-se de que o ideal é que sejam passeios breves, em locais tranquilos, arejados e com pouca gente, preferencialmente ao ar livre. Evite que as pessoas toquem no rosto do bebê; não permita beijinhos de estranhos (podemos não saber quem está doente ou não) ou que o peguem no colo se estiver dormindo. Os recém-nascidos precisam de muitas horas de sono e não devem ser incomodados quando estiverem descansando, isso pode lhes causar um estresse desnecessário. Os bebês muito novinhos não devem sair de casa com mais frequência do que o necessário!

Os banhos de sol podem ser feitos no quintal de casa, ou na área aberta do prédio (em um momento com pouca circulação de pessoas)e no período da manhã.

You Might Also Like

Sem comentários

Deixe uma resposta