É Possível Amamentar com Mamilo Plano ou Invertido?

maio 7, 2017

Na prática, a amamentação não é tão fácil quanto parece. Cada experiência pode ser diferente da outra e alguns obstáculos podem trazer dificuldade, porém, com ajuda, preparo e informações esses obstáculos podem ser superados.

Existem 4 tipos de mamilos: protuso, plano, pseudoinvertido e invertido e uma das dificuldades encontrada durante a amamentação por algumas mulheres é em relação ao tipo de mamilo. Os mamilos planos e invertidos podem fazer com que o início da amamentação seja um pouco mais difícil, mas de maneira alguma impedem que ela aconteça.

Os chamados mamilos planos não chegam a se sobressair muito em relação à área em volta mais escura do seio (conhecida como aréola) e não se projetam facilmente para fora quando estimulados, o que pode tornar a amamentação um pouco mais difícil.

No caso dos mamilos invertidos, eles se contraem ou se projetam para dentro ao serem estimulados e têm a aparência plana, ligeiramente invertida ou bastante invertida no centro.

Para saber que tipo de mamilo você tem é fácil: com ajuda do dedo indicador e polegar, faça uma espécie de “C” e suavemente aperte a região da aréola. Se seu mamilo não ficar saliente, então ele é plano; caso se volte para dentro, ele é invertido. Os mamilos podem ser ainda curtos (saem pouco para fora) ou pseudoinvertidos (apesar de voltados para dentro, geralmente saem quando estimulados).

Os mamilos plano e invertido podem trazer algumas dificuldades no início da amamentação, por isso a melhor maneira de saber se vai dar certo para você é simplesmente tentar e pedir orientação de um profissional preparado (para seu obstetra, o pediatra do bebê ou ainda um especialista em amamentação), já que não existe mamilo certo ou errado, o sucesso da amamentação vai estar na pega correta do bebê.

Alguns acessórios podem ser utilizados para auxiliar em caso de mulheres com esse tipo de mamilos como as conchas plásticas que são utilizadas para auxiliar a formar o bico no caso de mamilos invertidos, porém elas não são um consenso entre os profissionais da saúde.  Existem ainda os bicos de silicone, sendo indicadas na maioria das vezes, como última opção e por tempo determinado, já que isso pode confundir o bebê que pode se acostumar com o bico de plástico e ter dificuldade para pegar o bico da mãe depois. Muitos especialistas preferem que as mulheres tentem massagear os seios para ajudar no processo. A técnica é conhecida como exercícios de Hoffman. Em todos os casos, o ideal é procurar por orientação de um profissional qualificado para te auxiliar durante esse processo.

Se o mamilo for invertido, de fato, vai dar mais trabalho ao bebê. Mas é importante desmistificar essa ideia de que existe um mamilo certo. Afinal, o recém-nascido não conhece nenhum deles e vai aprender de acordo com o que ensinarmos.

Lembre-se, estimulação excessiva das mamas pode fazer com que o útero se contraia, algo que pode vir a ser perigoso em casos de gravidez de alto risco. Sempre consulte seu médico antes de iniciar qualquer tratamento ou realizar qualquer exercício para mamilos planos ou invertidos.

Vale lembrar que o consenso atual é que não seja necessária nenhuma preparação do peito, mesmo em caso de mamilos invertidos, pois depois que o bebê nasce os próprios hormônios agirão de forma que a amamentação funcione.
Sendo assim, o mais importante para bico plano ou invertido é que aréola esteja bastante macia na hora de começar a mamada, para que o bebê faça a pega direito. Se ela não estiver macia, é preciso fazer uma massagem na mama para aí então segurar o peito em forma de C e coloca-lo na boca do bebê, o mais fundo que conseguir.

Tenha paciência e lembre-se que a amamentação é um processo de aprendizagem que não acontece da noite para o dia.

You Might Also Like

Sem comentários

Deixe uma resposta